Home » Por que startups fracassam?
Insights

Em 01 de fevereiro de 2022 por Edes Costa

Por que startups fracassam?

Pesquisas mostram que nove em cada dez startups irão fracassar. Esta é uma verdade dura para empreendedores que querem lançar seu negócio. Em 2021, a CB Insights revelou 12 motivos que explicam grande parte das falhas de startups. como mostra a figura abaixo.

Fracasso Startups

Descrevo, brevemente, os 5 principais padrões de fracasso de startups.

1. Dinheiro / falha em levantar novo capital

Principal motivo de fracasso de startups, segundo o relatório da CB Insights. A questão do financiamento aqui está relacionada a incapacidade da startup de manter o interesse do investidor e garantir financiamento. Embora o investimento em startups esteja crescendo nos últimos anos, a captação de recursos depende de sinais de tração ou clientes.

2. Inexistência de necessidade de mercado

O motivo número 2 para o fracasso de startups envolve a resolução de problemas que não atendem a uma necessidade do mercado. A inovação começa na busca por problemas reais. Por isso, startups precisam se certificar de que estão abordando o problema desde o início para saber por que seu negócio tem potencial para se tornar realmente grande.

3. Foi superado (concorrentes)

Uma vez que uma ideia é validada pelo mercado, outras empresas ou startups irão tentar capitalizar a oportunidade. Startups devem buscar desenvolver vantagem competitiva real, que não pode ser facilmente copiada ou comprada. Mesmo que temporária, essa vantagem pode ajudar a startup a ganhar maturidade para se estabelecer em um mercado. Concorrentes não devem ser ignorados.

4. Modelo de negócios inadequado

A maioria dos fundadores de startups fracassadas concorda que um modelo de negócios é essencial para mostrar como a startup planeja ganhar dinheiro com seu produto e base de clientes em um mercado específico. Os investidores apostam em você quando confiam que você pode construir um modelo de negócios escalável. Não encontrar um modelo de negócios que mostre de forma clara como a startup vai ganhar dinheiro em escala pode deixar os investidores hesitantes e fundadores incapazes de gerir o negócio.

5. Desafios regulatórios / legais

Uma startup pode se envolver em mercados com complexidades legais. Fundadores de startups passam boa parte do tempo focados no crescimento dos negócios e contratando pessoas. Contudo, a pressa de escalar o negócio pode fazer com que assuntos regulatórios sejam deixados de lado nos estágios iniciais do empreendimento. Fundadores devem entender as questões legais que envolvem a startup já no início do negócio, antes que seja tarde.

Em nossa experiência na EDG Tecnologia & Inovação, após termos auxiliado startups a entrar no mercado, consideramos que os fundadores devem ter algumas características essenciais no começo de uma startup. Fundadores precisam ser resilientes, ter paixão pelo negócio e experiência na liderança de equipes para aumentar a probabilidade de sucesso da startup. Contudo, mesmo com fundadores talentosos, uma startup pode fracassar. Outras partes interessadas, como colaboradores, parceiros estratégicos e investidores podem ter influência na queda de um empreendimento.

Conheça nossa serviço de Mentoria de Startups.


Edes Costa é sócio da EDG Tecnologia & Inovação e lidera as práticas de agilidade e inovação da empresa.